Entidades filantrópicas de Viçosa receberão R$ 1,4 milhão do poder público em 2016

Mais de 60 entidades de prestação de serviços social, médico, educacional e cultural receberão o recurso.


O Projeto de Lei n° 118/2015, que dispõe sobre a concessão de subvenção social às entidades filantrópicas de Viçosa para o exercício de 2016, foi aprovado por unanimidade pelos vereadores durante reunião extraordinária na última terça-feira (23). A matéria ainda precisa ser sancionada pelo prefeito Ângelo Chequer, que não deve demorar fazê-la, visto que o projeto é de sua autoria.

Por meio da lei, as entidades de prestação de serviços social, médico, educacional e cultural, que se encontram cadastradas junto à prefeitura, podem receber subvenção do Município. Mais de 60 entidades de Viçosa receberão os recursos, que somados chegam a R$1.411.773,55.

Na prática

Para saber mais sobre a importância desse recurso para as atividades das instituições, o Viçosa News conversou com a supervisora administrativa de uma das entidades subvencionadas cujo trabalho possui grande destaque e relevância na cidade, a Rebusca. A entidade receberá neste ano R$ 69.600,00 de ajuda do poder público municipal.

Atualmente a instituição atende 269 crianças em quatro projetos distintos. Possui uma sede no bairro Posses de Nova Viçosa e uma unidade no centro, que funciona em espaço cedido pela Igreja Presbiteriana. Os projetos consistem em educação infantil e creche; apoio escolar e atividades profissionalizantes para adolescentes e apoio a mães e mulheres vítimas de violência doméstica.

A supervisora administrativa Eva Lopes contou que para colocar em funcionamento todas essas atividades a instituição conta com 35 funcionários remunerados. Segundo ela, a subvenção cobre 10% dos custos totais, mas a entidade conta com outras fontes, como recursos provenientes do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e doações de padrinhos. “Acaba que a maior parte dos recursos é preveniente de doações, patrocínios e apadrinhamentos”, esclareceu Eva.

Critérios

No projeto fica estabelecido que a liberação da subvenção acontecerá mediante a aprovação prévia do Plano de Trabalho pelo Conselho o qual a entidade é vinculada. Neste Plano é necessário conter as metas atingidas, o plano de aplicação do recurso financeiro, entre outras determinações. Para receber o recurso no ano de 2016, as entidades que foram contempladas em 2015 devem fazer a prestação de contas até o último dia útil de fevereiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *