Prefeitura monta blitz para tirar taxistas irregulares de circulação em Viçosa

Três taxistas irregulares foram flagrados durante operação nesta terça-feira (26).


A Prefeitura de Viçosa e a Polícia Militar (PM) realizaram, na manhã desta terça-feira (26), uma ação conjunta de fiscalização com o objetivo de identificar e tirar de circulação motoristas que fazem transporte irregular de passageiros.

A ação, que durou toda a manhã, aconteceu simultaneamente em todos os pontos de táxi da cidade e resultou na penalização de três motoristas que foram flagrados realizando transporte ilegal de passageiros. Eles não tinham permissão para realizar o serviço, expedida mediante licitação de concessão.

Em 2015 a Prefeitura realizou um processo licitatório inédito no município para concessão de permissões para taxistas. Das 100 placas disponibilizadas, 83 foram arrematadas. Desses, 63 carros já estão circulando legalmente e o restante ainda está em processo de adequação. A Prefeitura informou que fará nova licitação em breve para concessão das placas que sobraram.

Segundo o Secretário de Governo e autoridade municipal de trânsito, Luciano Piovesan Leme, as ações de fiscalização não se restringirão apenas à ausência de concessão: “A Prefeitura tem recebido diariamente, por parte dos usuários de táxi, diversas denúncias sobre mau atendimento e cobranças indevidas. Diante disso decidimos tomar providências, que vão da simples advertência a abertura de processo administrativo, que pode culminar na perda da licença”.

Quanto aos motoristas que insistirem na realização do serviço sem a permissão, o Secretário alerta que dessa vez eles foram apenas intimados a tirar o veículo de circulação, mas no próximo flagrante o veículo será apreendido e liberado somente após o registro do carro como particular. Piovesan garantiu que haverá outras ações semelhantes em breve.

Para o Presidente da Associação dos Taxistas de Viçosa, Gilson Guimarães Pereira, “a ação é importante e benéfica aos taxistas que estão legalizados, além dos passageiros, que terão a garantia de um bom serviço prestado”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *