Viçosenses mobilizam doações para vítimas atingidas por barragem; saiba como ajudar

A partir desta segunda-feira (9), logo pela manhã, haverá uma tenda no Calçadão da Rua Arthur Bernardes onde as pessoas poderão deixar os donativos.


VIÇOSA (MG) – A cidade está sensibilizada e mobilizada para ajudar as pessoas atingidas com o rompimento da barragem na região Mariana. Durante a semana várias pessoas arrecadaram donativos por conta própria e levaram para a região. Instituições locais, como o Grupo Escoteiros, também realizaram campanhas.

Neste domingo (8) o Secretário Municipal de Governo de Viçosa, Luciano Piovesan e o Chefe da Defesa Civil de Viçosa, Rodrigo Cardoso, foram à região para saber como Viçosa pode efetivamente ajudar. Eles visitaram o distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, onde a paisagem é desoladora mas mobilização para ajudar as vítimas impressiona. Eles relataram que a situação do município de Barra Longa também é grave. Lá não há feridos, mas a cidade foi invadida pela lama e há muitos desabrigados. O sistema de abastecimento foi comprometido e não há água potável nem para uso pessoal.

Com o objetivo de integrar e coordenar as mobilizações isoladas no município, a Prefeitura de Viçosa decidiu instalar um ponto de arrecadação na cidade. Em nota nas redes sociais a Prefeitura informou que a partir desta segunda-feira (9), logo pela manhã, haverá uma tenda identificada no Calçadão da Rua Arthur Bernardes onde as pessoas poderão deixar os donativos. A tenda ficará no local durante toda o dia e a previsão é que materiais sejam enviados aos povoados na terça-feira de manhã.

A Prefeitura de Viçosa fez uma lista dos itens de maior necessidade neste momento, segundo informações das próprias prefeitura locais. A lista contém água mineral, alimentos específicos para crianças (NAN 1 e 2, APTAMIL 1 e 2, APTAMIL PRÉ, NUTREM ACTIVIA E MUCILON), produtos de limpeza, materiais para ajudar na limpeza, produtos de higiene pessoal, roupa de cama e banho, roupas infantis, peças íntimas e ração para cães e gatos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *