Prefeito toma frente do projeto de reativação da linha férrea de Viçosa

Ângelo Chequer quer criar comissão de trabalho com prefeitos da região para viabilizar a implantação do trem turístico e do VLT.


VIÇOSA (MG) – O Prefeito Ângelo Chequer declarou apoio e também máximo empenho da administração municipal para a viabilização dos projetos de implantação de um trem turístico e um veículo leve sobre trilhos (VLT) em Viçosa. A declaração foi dada oficialmente aos agentes envolvidos nos projetos em reunião na Prefeitura, na última quarta-feira (29).

Participaram da reunião, além do Prefeito Ângelo Chequer e do Secretário de Governo Luciano Piovezan, o representante do Núcleo de Preservação Ferroviária de Viçosa, Aguinaldo Pacheco; o representante da Ong Amigos do Trem, Jershon Morais e o Presidente e Vice-presidente do Circuito Turístico Serras de Minas, Sérgio Vitarelli e José Ramos, respectivamente.

Na oportunidade, foi apresentado ao Prefeito o projeto de implantação da linha turística entre a cidade de Viçosa e Teixeiras. O referido projeto propõe a implantação de um trem turístico de apenas um vagão, utilizando a linha férrea desativada, denominado “Trem das Serras de Minas”.

A outra proposta é a instalação de um Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que será uma alternativa ao transporte público urbano, cuja viagem custará o mesmo valor pago pelos usuários dos ônibus coletivos. A princípio esse trem fará o trajeto da UFV ao Centev, em Novo Silvestre, mas poderá ser ampliado no futuro, fazendo o trajeto Teixeiras – Coimbra.

Jershon Morais  disse que a viabilização dos dois projetos depende antes da restauração da linha férrea já existente. Segundo ele, já está pré-definido que a reforma será realizada gratuitamente pelo Batalhão de Engenharia Ferroviária do Exército Brasileiro (Batalhão Mauá), mas salientou que será necessária a intervenção do Prefeito junto ao Ministério da Defesa, em Brasília, para que a vinda do exército seja autorizada.

O representante da Ong Amigos do Trem também citou alguns avanços: “já temos a assinatura de todos os prefeitos da região e da reitora da UFV, já temos a locomotiva e também  os trilhos e os dormentes, doados pela Ferrovia Centro-Atlântica (FCA)”.

Ângelo Chequer e Luciano Piovesan demonstraram muito entusiasmo com o projeto. Segundo o Prefeito, o turismo e o comércio de Viçosa serão alavancados de forma extraordinária com a implantação do Trem das Serras de Minas. Já o Secretário de Governo disse que a volta do trem irá trazer benefícios para toda a comunidade viçosense e região, principalmente no que diz respeito a preservação do trecho ferroviário, que está abandonado há cerca de 15 anos.

Como encaminhamento, ficou decidido que o Prefeito irá articular uma comissão com os Prefeitos das cidades da região e agendará uma visita a Brasília, para pedir prioridade junto ao Exército. Ângelo ainda se propôs a liderar as ações institucionais para a implantação dos projetos, contando com o entusiasmo e a dedicação das entidades envolvidas.

Um comentário sobre “Prefeito toma frente do projeto de reativação da linha férrea de Viçosa

  1. Parabéns. Vai ser bom mesmo! Há mais de trinta anos um grupo vem dedicando esforços a tal projeto. Nos últimos 20 anos tal esforço foi intensificado sobremaneira com a privatização destes trilhos. Sempre há esperança. O poster na Cafeteria Vienna está muito bonito mas precisa de ser renovado com tais boas novas, pois começou a desbotar. Isto é isso mesmo! É assim que se faz! A força que faz união (?)!

  2. Todo trabalho é recompensado com a sua realização . Nesta luta, vemos a dedicação de pessoas que realmente amam suas cidades, Entidades ( Batalhão de Engenharia Ferroviária do Exercito Brasileiro , Universidade Federal de Viçosa , Prefeituras Municipais , Ong Amigos do Trem , Ferrovia Centro-Atlântica, órgãos estes que não medem esforços para a realização destes projetos. Aqui deixo o meu registro de admiração aos envolvidos, pois nestes projetos o bem comum fala mais forte . Parabéns aos envolvidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *