Suspeito de ser ladrão de república é preso vendendo notebooks roubados no centro de Viçosa

Polícia acredita que ele seja o homem que invadiu uma república feminina no último sábado (23)


VIÇOSA (MG) – Nas últimas semanas, a Polícia Militar (PM) de Viçosa registrou diversos casos de invasões a repúblicas no centro da cidade. Muitos estudantes tiveram objetos furtados nessas situações, onde muitas vezes os bandidos chegaram a entrar pela janela e até escalar prédios, segundo relatos feitos pelas próprias vítimas em redes sociais.

Na tarde desta sexta-feira (29), um homem foi preso em flagrante por receptação de produtos roubados no centro de Viçosa. Segundo a Polícia Civil, ele oferecia notebooks a pessoas que saíam dos bancos. Ainda de acordo com a Polícia Civil, Rizzio Board de Almeida Lima, 23 anos, é suspeito de ser o invasor que furtou materiais de uma república feminina na Rua Virgílio Val, centro, no último sábado (23).

Rizzio Board de Almeida Lima foi preso nesta sexta-feira (29) por receptação. Foto: Viçosa News
Rizzio Board de Almeida Lima foi preso nesta sexta-feira (29) por receptação. Foto: Viçosa News

Duas moradoras da república que foi invadida foram à delegacia nesta tarde para reconhecer se são delas os materiais que foram apreendidos com o suspeito. Apenas um dos notebooks pertencia a elas.

O furto aconteceu enquanto não havia ninguém no apartamento. Para entrar no prédio, o ladrão acionou os interfones de todos os apartamentos, dizendo que tinha perdido as chaves, até que alguém abriu a porta para ele. Segundo a Polícia, ele não estava sozinho, mas acompanhado de uma mulher, que subiu com ele até o apartamento. Os dois então arrombaram a porta, entraram e roubaram três notebooks e outros aparelhos digitais, como câmeras e tablets.

A Polícia agora investigará a possível participação de Rizzo Lima nos outros crimes semelhantes das últimas semanas. Ele foi encaminhado ao presídio de Viçosa.

O donos de um notebook da marca Acer e um Smartphone da Samsung modelo Pocket não foram localizados. Possíveis donos podem procurar a Polícia Civil.
O donos de um notebook da marca Acer e um Smartphone da Samsung modelo Pocket não foram localizados. Possíveis donos podem procurar a Polícia Civil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *