85ª Semana do Fazendeiro registra recorde de público e movimentação financeira

Movimentação financeira durante o evento foi estimada em 10 milhões de reais;

6 mil pessoas por dia assistiram aos shows do Espaço Multiuso e Praça de Alimentação.


VIÇOSA (MG) – Em sua 85ª edição, a Semana do Fazendeiro, que aconteceu de 26 de julho até a última sexta (1º), bateu recordes em número de capacitação oferecida e na movimentação financeira. Durante sete dias, cerca de 100 mil pessoas, entre produtores rurais de várias localidades, jovens e mulheres rurais, estudantes, professores e a comunidade viçosense marcaram presença em um dos maiores tradicionais eventos extensionistas do país.

Na organização da Semana do Fazendeiro há seis anos, o pró-reitor de Extensão e Cultura, Gumercindo Souza Lima, declarou que, desde quando passou a estar a frente do evento, esta foi a melhor edição. “Todos os anos fazemos levantamento do que precisa ser melhorado, a partir da aplicação de questionários, e desta vez conseguimos corrigir problemas passados. O evento ficou muito mais organizado, e a UFV, com a Semana do Fazendeiro, demonstrou mais uma vez que tudo que faz é com excelência”, afirmou.

De acordo com o pró-reitor, o destaque da 85ª Semana do Fazendeiro foi o número recorde de capacitação nas mais diversas áreas com participação efetiva de professores e seus orientandos. Ao todo, foram oferecidas 303 oportunidades de aprendizado para os produtores rurais em cursos, workshops, dias de campo, circuitos do leite e do café e clínica tecnológica.

João Quintana de Freitas aprovou a variedade dos cursos. O advogado e produtor rural de Ferros (MG) participou do evento pela 15ª vez e, segundo ele, a expectativa para Semana do Fazendeiro é sempre muito boa e proporciona cada vez mais aprendizado ao longo dos anos. “Aqui é um centro de conhecimento. A gente se inscreve em 10 cursos, de 4 horas, e sai tendo noção de muitas coisas diferentes”, afirmou.

Semana do Fazendeiro em números

A 85ª edição da Semana do Fazendeiro recebeu 3155 inscrições: 1285 foram de produtores rurais que participaram de cursos de capacitação; 440 de agricultores familiares que estiveram na Troca de Saberes; 200 jovens para a Semana da Juventude Rural; e 1230 mulheres na Semana da Mulher Rural. Além disso, cerca de 6 mil pessoas por dia aproveitaram as atrações culturais no Espaço Multiuso e no Palco Alternativo.

A estimativa de movimentação financeira foi a maior registrada, chegando a 10 milhões de reais e, de acordo com o pró-reitor de Extensão e Cultura, pelo menos outros 8 milhões serão movimentados em negócios futuros para os expositores que estiveram no evento. Segundo ele, a partir da aplicação de questionários, é possível verificar que 60 a 80% do lucro dos expositores seja obtido posteriormente com a procura das pessoas pelos comerciantes que passaram pelo evento extensionista. A maior parte dos lucros alcançados foi com a venda de carros, que chegou a dois milhões e meio de reais.

Para que todas as atividades ocorressem da melhor forma, mais de 500 pessoas trabalharam no evento, divididas em 29 subcomissões, além da comissão organizadora que contou com 140 servidores da UFV.

A reitora Nilda de Fátima Ferreira Soares agradeceu a dedicação de todos envolvidos na realização da Semana do Fazendeiro e fez uma avaliação positiva do evento por ter “mais uma vez cumprido a missão de capacitar os produtores rurais em uma universidade pública que conta com a marca e a história da UFV, ingredientes que propiciam um ambiente favorável para a troca de conhecimentos”. Ela destacou ainda a presença da ministra da Secretaria de Políticas da Mulher, Eleonora Menicucci que, “proferiu uma palestra enfatizando a importância da presença e da atuação da mulher em todas as instâncias políticas, sociais e administrativas das diversas instituições existentes em nosso país”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *