Projeto usa softwares especiais para ensinar informática a deficientes visuais em Viçosa

Podem participar do programa alunos nas diversas faixas etárias; as aulas estão sendo ministradas no Centro Vocacional Tecnológico de Viçosa.


VIÇOSA (MG) – Aconteceu na última terça-feira (25) a primeira aula do Projeto Novos Olhares: inclusão digital para pessoas cegas e de baixa visão. O projeto é uma realização da Agência de Desenvolvimento de Viçosa (ADEVI) em parceria com a ONG Census e o Centro Vocacional Tecnológico (CVT), contando também com o apoio do Departamento de Desenvolvimento e Tecnologia da Prefeitura de Viçosa.

O principal objetivo do projeto é proporcionar uma aprendizagem significativa às pessoas com deficiência visual na comunidade de Viçosa e região, utilizando-se de softwares livres para promover a integração social e o direito à cidadania, capacitando-os ao uso e acesso de recursos tecnológicos, pedagógicos e culturais.

Podem participar do programa alunos nas diversas faixas etárias. Os mesmos terão um encontro semanal de uma hora nos laboratórios de inclusão digital do Centro Vocacional Tecnológico de Viçosa, localizado na Avenida Oraida Mendes de Castro, nº 6000, Novo Silvestre.

No projeto serão realizadas atividades de construção de conceitos significativos na formação das pessoas com deficiência visual, ensinando-lhes a executar tarefas como:

• Domínio dos softwares DOSVOX e DIGITAVOX e do teclado através de datilografia computadorizada;
• Programas edição de textos;
• Utilização de ferramentas de produtividade faladas (calculadora, agenda, entre outros);
• Aprendizagem por meio de jogos.

Será utilizado também o leitor de tela conhecido como NVDA, que significa NonVisual Desktop Access, este é um leitor de código aberto, para o sistema operativo Microsoft Windows. Através de voz sintética, o NVDA permite que usuários cegos ou com deficiência visual possam acessar e interagir com o sistema operacional Windows e vários outros aplicativos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *