Prefeito e vice de Viçosa conseguem efeito suspensivo em processo de cassação e continuam no cargo

Celito e Ângelo tiveram os mandatos cassados pela Justiça Eleitoral.


Celito Sari e Cristina Fontes
Celito Sari e Cristina Fontes

VIÇOSA (MG) – A juíza eleitoral da 282ª Zona Eleitoral do município de Viçosa, Dr. Giovanna Travenzolli Abreu Lourenço, concedeu efeito suspensivo à sentença que determinou a cassação do prefeito de Viçosa, Celito Francisco Sari (PR), e o vice, Ângelo Chequer (PSDB).

Com o recurso eleitoral, que saiu na tarde desta segunda-feira (24), Celito e Ângelo continuam no cargo e, através de seus advogados, podem recorrer ao TRE-MG. Antes, a juíza concedeu à parte recorrida um prazo para que ela apresente as contrarrazões.

A Justiça Eleitoral cassou os diplomas do prefeito e do vice de Viçosa na última quinta-feira (20), sob acusação de abuso de poder político e econômico nas eleições de 2012. A ação contra os políticos foi movida pela coligação majoritária “Avançar Sempre Juntos”, encabeça por Cristina Fontes, a segunda candidata mais votada nas últimas eleições.

Um comentário sobre “Prefeito e vice de Viçosa conseguem efeito suspensivo em processo de cassação e continuam no cargo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *