Juíza ouve testemunhas em processo que propõe a cassação do Prefeito de Viçosa

Ação de Investigação Judicial Eleitoral propõe cassação do Prefeito Municipal de Viçosa por abuso do poder econômico durante as últimas eleições municipais.


Movimentação do lado externo do fórum de Viçosa | foto: Júlio César / Política com P Maiúsculo
Movimentação do lado externo do fórum de Viçosa | foto: Júlio César / Política com P Maiúsculo

VIÇOSA (MG) – Na tarde da última sexta-feira (24), foi realizada, no Fórum de Viçosa, a audiência de instrução e julgamento marcada pela Juíza Eleitoral Dra. Adriana Fonseca Barbosa Mendes a fim de ouvir as testemunhas do processo que a coligação “Avançar Sempre Juntos”, da candidata Cristina Fontes interpôs contra o prefeito e vice-prefeito de Viçosa, Celito Francisco Sari e Ângelo Chequer, respectivamente, além de outros dois nomes.

Inicialmente a audiência seria aberta ao público, mas a sala era pequena e apenas dois membros da Associação dos Moradores e Amigos de Viçosa (AMEVIÇOSA) foram autorizados pela Dra. Giovana, Juíza Eleitoral, a participar como ouvintes. A imprensa não foi autorizada a entrar na sala da audiência.

Segundo relatos dos membros da AMEVIÇOSA que participaram da audiência, todas as testemunhas presenciais confirmaram as denúncias apresentadas, não dando chances aos advogados de defesa do Prefeito Municipal de melhorar a situação do réu que já se encontra difícil, em função dos inúmeros processos nas áreas civil e criminal que ele está respondendo.

A coligação “Avançar Sempre Juntos” denuncia que um dia antes das eleições que reelegeram Celito foram realizados asfaltamento de ruas no período noturno, construção de pinguela, realização de festas e outras irregularidades, todas elas confirmadas pelas testemunhas e pagos com o dinheiro público. Segundo a opinião dos membros da AMEVIÇOSA, a cassação do prefeito é mais do que certa.

Após análise dos relatos das testemunhas, a Juíza Dra. Giovana dará a sentença, que poderá sair até o final de fevereiro. O prazo máximo para a sentença sair é até 27 de março, quando a Dra. Giovana deixará o Juizado Eleitoral, portanto, até lá, é obrigada a dar a sentença.

Viu um erro? Avise-nos!

ATENÇÃO: Este conteúdo pode ser publicado livremente, em qualquer mídia, eletrônica ou impressa, desde que o Viçosa News
seja citado como fonte, remetendo para o site do web jornal: www.vicosanews.com

Um comentário sobre “Juíza ouve testemunhas em processo que propõe a cassação do Prefeito de Viçosa

  1. o prefeito cunha gastou um milhao em sua campanha contra o jooo do doca ele se reelegeu comprando voto ele sempre roubou de coimbra no posto de saude ele gasta setenta e cinco mil com tres medico e roubo na educacao ele gasta cem mil e presta conta de vinte mil nas obras ele gasta 16barras de ferro onde precisa so de oito assina papel sem le fas vista grossa oswaldir martins tambem fez vista grossa ele cometeu lavagem de dinheiro me negou um prato de comida ontem ele ruin cadeia neles meretissimo os candidatos a veriador todos compraram votos mewnos eu eu sou batizado no espirito santo de DEUS este ano te vi muitos trtamento de dentes de em troca de votos no posto de saude de coimbra aeçio nevis robou quatorze melhoes da area de saude de minas gerais o lula alem de ser comunista ainda e ladrao ele era amigo dos empreiteiros para assinar uma nota de um milhao para os empreiteiros e prestar conta de duzentos mil para o brasil dilma tabem e ladrona temer esta com orçamento negativo de cento e setenta milhois esta roubando do Brasil por um BRASIL SEM corrupçao em nome de jesus cristo francisco israel campos 45

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *