Prefeitura busca concessão da linha férrea para futura instalação do trem turístico

Concessão demostra avanço para a efetivação da instalação do Trem Turístico das Serras de Minas


Chefe do Departamento de Cultura e Patrimônio, Kleber Gustavo Picanço Castro

VIÇOSA (MG) – O projeto Trem Turístico das Serras de Minas ganhou o apoio da Prefeitura de Viçosa, que está buscando, junto ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), a concessão para utilização da linha férrea.

O Projeto, pertencente à ONG Nacional Amigos do Trem, em parceria com o Circuito Turístico Serras de Minas, pretende revitalizar a linha férrea e instalar um trem turístico, de apenas um vagão, que fará um trajeto completo, ligando Viçosa e outras cidades da região.

Para falar sobre o assunto, o Chefe do Departamento de Cultura e Patrimônio, Kleber Gustavo Picanço Castro participou da reunião da Câmara desta terça-feira (29).

Kleber esclareceu que o convite serve para prestar contas do término da obra da estação ferroviária da cidade. “Ao finalizar essa obra da estação do Centro, em parceria com a Prefeitura, Tintas Coral e Fundo Municipal de Cultura, fomos atrás de parcerias para tentar revitalizar a estação ferroviária do Silvestre que é um bem tombado pelo Estado e estava abandonada.”

Ele salientou que “ao preparar o projeto e encaminhá-lo, notamos a falta de um documento da concessão de ambas Estações. Então procuramos o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) a fim de conseguir as licenças, foram feitas reuniões e conseguimos a concessão. Quando recebi as concessões, o Diretor Geral do DNIT questionou se tínhamos o interesse da concessão para utilização da linha férrea para o município”.

E continuou: “eu disse que era de interesse do município, tendo em vista o projeto de construção do trem turístico. Dessa maneira, a Prefeitura fez um pedido da concessão da linha férrea que passa por todo o município, em parceria com outras cinco cidades da região, para podermos trabalhar em um projeto futuro. O processo está em andamento e já estamos agendando uma visita em Brasília para buscar a documentação”.

DSC_0326

O Chefe do Departamento de Cultura e Patrimônio salientou que a documentação de concessão do Prédio do Silvestre e da Casa do Agente Ferroviário e também do Centro da cidade, já está em poder do município e apresentou as propostas para a localidade. “A nossa intenção é restaurar a Estação Ferroviária e fazer um centro de cultura também no Silvestre.”

A Vereadora Marilange Pinto Coelho (PV) questionou se a Casa do Agente precisa de algum tipo reforma e quais são os projetos para utilização do imóvel.

Kleber respondeu que “o imóvel  precisa ser restaurado, pois como são bens tombados não é possível reformar. Com relação as intenções, já pensamos em muitas, entre elas a instalação do PSF do Silvestre na casa, visto que onde está funcionando é alugado”.

O Vereador Idelmino Ronivon (Prof. Idelmino) (PC do B) parabenizou Kleber pelo empenho no trabalho. “Em relação a Casa do Agente pelo fato de ser histórica, eu entendo que poderíamos colocar ali algo relacionado com cultura, uma biblioteca ou uma casa de música”, sugeriu.

Um comentário sobre “Prefeitura busca concessão da linha férrea para futura instalação do trem turístico

  1. Espero que isso realmente aconteça. O traçado entre o centro da cidade e o campus é perfeito e um VLT seria o ideal para servir a cidade e a universidade. Além disso,um trem de turismo poderia ir mais longe aproveitando as linhas ainda existentes na região. Nossas ferrovias merecem respeito. Contem comigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *