20% para escola pública: UFV define política de Cotas

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) decidiu, na tarde desta quinta-feira (25), destinar 20% das vagas dos campiViçosa, Florestal e Rio Paranaíba da UFV para estudantes que cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas. Essa decisão foi tomada em cumprimento à Lei nº 12.711, sancionada pela presidente Dilma Rousseff no dia 29 de agosto, que destina 50% das vagas em universidades federais e instituições federais de ensino técnico de nível médio para estudantes oriundos da rede pública. Apesar das universidades terem quatro anos para se adaptar à mudança, a lei foi aprovada para entrar em vigência imediatamente, o que significa que 2013 será o primeiro ano de implantação das cotas.

Como no último ano, a UFV reservará 80% de suas vagas para candidatos do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação (MEC). Os 20% restantes serão para os candidatos que participam do Programa de Avaliação Seriada para ingresso no ensino superior da instituição – Pases. O que muda é a designação de 20% de cada um desses percentuais como cotas.

A lei ainda determina que as cotas respeitem critérios referentes à renda familiar e cor. Estudantes de famílias com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio per capita concorrerão à metade do número de cotas. Estudantes negros, pardos e índios concorrerão ao número de cotas proporcional a suas populações, apontadas no censo do IBGE de 2010, na unidade da federação em que está a instituição de ensino superior.

A reitora da UFV, professora Nilda de Fátima Ferreira Soares, destacou que a universidade sempre garantiu uma permanência de qualidade para os seus estudantes. “Nós ofereceremos as condições para que os novos ingressantes possam se dedicar aos seus estudos”, ressaltou.

Vale lembrar que a UFV irá utilizar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como terceira etapa do Programa de Avaliação Seriada, que terá inscrições abertas entre 29 de outubro a 30 de novembro. As provas do Enem, segundo o MEC, serão aplicadas nos dias 3 e 4 de novembro de 2012, em todas as unidades da federação, a partir das 13h, no horário de Brasília. No primeiro dia, serão realizadas as provas de ciências humanas e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias, com duração de quatro horas e meia. No segundo dia, os estudantes terão cinco horas e meia para fazer as provas de matemática e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias e redação. O resultado final do exame estará disponível no dia 28 de dezembro de 2012.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *