Marcha pelas águas acontece neste sábado em Viçosa

Protesto será contra a passagem do mineroduto no município

Viçosa vive um importante período de sua história. Tempos em que o povo busca reassumir o protagonismo na construção do seu futuro não confiando apenas em promessas eleitoreiras ou na boa imagem de grandes empresas que tentam enganar a população. Assumir a história em nossas mãos: isto é Soberania Popular.

Este foi o significado da Assembléia Popular “Águas de Viçosa e Mineroduto” realizada na Câmara de Vereadores no último dia 05 de maio. Mais de 200 pessoas se reuniram para debater e construir a resistência coletiva contra a construção do mineroduto da Ferrous Resources do Brasil que pretende instalar um cano de 65cm de diâmetro para levar minério e água entre Congonhas (MG) e Presidente Kennedy (ES) passando por 22 cidades em um trajeto de 400 km.

O mineroduto destrói casas e lavouras e atinge centenas de nascentes e cursos d’gua em todo o seu trajeto. Somente em Viçosa serão 31 nascentes sendo que o cano ameaça atingir diversas partes da Bacia do Rio São Bartolomeu comprometendo de forma definitiva a principal fonte de abastecimento da cidade e da Universidade Federal de Viçosa. Tudo isso para permitir o escoamento dos nossos bens naturais confirmando o papel histórico do Brasil como fornecedor de matérias primas para o mundo. Enquanto nossas riquezas vão embora, o povo brasileiro fica apenas com os buracos e a devastação ambiental e social deixada para trás.

Somente a mobilização popular poderá impedir esse crime contra a economia do país e contra os trabalhadores e as trabalhadoras do campo e da cidade que estão sendo roubados por estas grandes transnacionais vendo seus filhos e netos impedidos de ver socializado plenamente o direito à terra, à moradia digna, à saúde e educação públicas e gratuitas de qualidade, à liberdade e a verdadeira participação política. Isto é democracia. Isto é desenvolvimento sustentável.

Neste sentido convocamos toda a população de Viçosa e demais cidades da região para participar neste sábado, dia 26 de maio da MARCHA PELAS ÁGUAS DE VIÇOSA E CONTRA O MINERODUTO onde vamos denunciar este empreendimento da FERROUS em defesa das nossas águas e pela construção de um Projeto Popular para o Brasil que coloque nossos bens naturais a serviço do povo brasileiro.

A concentração da Marcha será na Feira Livre a partir das 7h da manhã de onde sairá rumo ao centro da cidade.

“Água e minérios não são mercadorias!
São para a soberania do povo brasileiro!”
Thiago Alves, Jornalismo – UFV
Movimento dos Atingidos por Barragens – MAB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *